10/03/2017

10 dicas para manter uma alimentação saudável

Destemperados

Com o fim do verão e a chegada do outono e do inverno, acabamos modificando alguns hábitos para que o corpo consiga se aquecer. Para mantermos uma alimentação saudável durante as estações mais frias do ano, conversamos com a nutricionista Cintia Squeff, que nos contou 10 dicas para colocar em prática nessa época. Segundo ela, são inúmeras as maneiras de enfrentarmos o frio, mas precisamos estar atentos a algumas mudanças do nosso organismo.

– Quando aquecemos nosso corpo, diminuímos automaticamente o ritmo do metabolismo. O frio faz com que as quebras moleculares e o gasto de energia produzida pela gordura sejam mais rápidos. Por isso, sempre que queremos acelerar o metabolismo, precisamos fazer o inverso e controlar a temperatura dos alimentos, nada pode ser muito quente – explica Cintia.

1. CONSUMA ALIMENTOS RICOS EM VITAMINAS A, B E C
“Durante o outono e o inverno é preciso aumentar a prevenção de resfriados e gripes, que são doenças típicas dessas estações do ano. Para isso, consuma alimentos ricos em vitaminas A, B e C. Pera, maçã, goiaba, abacate, figo, banana, laranja, mamão, maracujá e melancia são ótimas fontes de nutrientes.”

2. CUIDE A HIDRATAÇÃO
“Nas estações mais frias do ano, é comum ingerirmos uma quantidade menor de água do que no verão, por exemplo. Uma ótima opção para outono e inverno é beber chás. O importante é cuidar da hidratação e estar sempre consumindo líquidos. Água é essencial.”

3. NÃO EXAGERE EM ALIMENTOS GORDUROSOS E BEBIDAS ALCOÓLICAS
“Em dias de frio, o corpo precisa de mais energia, por isso deve-se evitar exagerar em alimentos gordurosos ou em bebidas alcoólicas, para não exceder o número necessário de calorias.”

4. CONTROLE O ÍNDICE CALÓRICO E NUTRICIONAL
“É muito comum buscarmos aquecer o corpo com alimentos quentes, mas eles acabam gerando um acúmulo maior de calorias. Os alimentos gordurosos contêm cerca de nove calorias por grama, por exemplo. Por isso, é importante buscar um profissional para saber sua indicação calórica e nutricional necessária."

5. APOSTE EM SOPAS E CREMES
“Uma ótima alternativa para se esquentar com saúde é preparar sopas, cremes e ensopados com legumes. Abobrinha, aspargo, berinjela, brócolis, chuchu, couve, espinafre, palmito, pepino, rabanete, beterraba e cenoura são excelentes opções.”

6. UTILIZE TUBÉRCULOS COMO ACOMPANHAMENTO
“Os tubérculos são alimentos com caule arredondado, como aipim, batata e batatadoce. Utilize-os como acompanhamento durante as refeições.”

7. CONSUMA LEGUMINOSAS
“As leguminosas são excelentes fontes de nutrientes para o organismo, principalmente por serem ricas em proteínas e minerais. Por isso, elas devem fazer parte do seu cardápio durante o outono e inverno. Feijão, lentilha, grão-de-bico, vagem, milho e ervilha são exemplos de leguminosas.”

8. OPTE POR CARNES ASSADAS OU COZIDAS
“Nada como comer um bom corte de carne em dias frios, não é mesmo? Mas, opte por carnes assadas ou cozidas, que são modos de preparos mais saudáveis e que não precisam levar gordura.”

9. CONTROLE A TEMPERATURA DE SEUS ALIMENTOS
“A alta temperatura dos alimentos faz com que eles deixem de ser saudáveis, tornando-se agentes tóxicos para o nosso organismo. A dica para avaliar a temperatura é testar se é possível segurar a caneca ou o prato com as mãos. Se for, quer dizer que o alimento está na temperatura ideal para o seu corpo. Caso contrário, é melhor deixar esfriar. Cada pessoa aguenta uma temperatura, por isso o melhor é fazer o teste.”

10. CUIDE OS EXCESSOS
“Para ter uma alimentação saudável é preciso controlar a alimentação e não exagerar durante as refeições. No outono e no inverno não é diferente, equilíbrio é tudo.”